logotipo

O BALLET CLÁSSICO E O BABY CLASS

BALLET ART SANDRA GODOY

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

Antes de por as sapatilhas toda a estrutura muscular foi muito bem preparada

O ballet clássico é o sonho de quase toda menina. Quem já não sonhou em rodopiar em cima das sapatilhas, vestir aquelas roupas maravilhosas, e, sonhar? No entanto, o ballet é uma arte séria e que precisa ser praticada seguindo orientações de professores especializados e em locais apropriados. Mas quando começar? Qual a melhor idade? Quando minha filha vai dançar com sapatilhas de ponta? Quais os benefícios do ballet? Dúvidas como essas são frequentes e esse artigo pode ajudar você a sanar algumas.

sandragodoy jan2018c

O ballet clássico consiste em unir uma técnica apurada de movimentos à música e à atuação. São habilidades treináveis que as crianças vão adquirindo pouco a pouco, a cada aula, por meio de exercícios e posturas que levam à leveza e precisão nos movimentos. Exige disciplina, dedicação, seriedade e rítmo. As crianças desfrutarão de muitos benefícios, tais como:

  • melhora na coordenação motora;
  • aumento da concentração;
  • consciência corporal;
  • aumento da flexibilidade;
  • correção na postura;
  • noções de espaço e de localização;
  • melhora do equilíbrio e reflexos;
  • aumento da autoestima;
  • auxílio na expressão corporal e na memória;
  • ampliação do relacionamento social - novas amizades;
  • desenvolvimento da musicalidade;
  • ganho de força muscular.

O estudo técnico do ballet, com exercícios mais elaborados, é indicado para crianças a partir dos sete anos de idade. Nessa fase ela já está apta a participar das aulas de ballet clássico, propriamente ditas - possui condições cognitivas e motoras mais refinadas. Antes, a recomendação é de aulas baby class, com iniciação musical, o ballet de uma forma mais lúdica e prazerosa.
Sapatilhas de ponta, quando podem ser usadas? A estrutura óssea e muscular deve estar preparada. É preciso pelo menos dois anos de prática de ballet clássico para entender o mecanismo e a dinâmica dos passos feitos na sapatilha de ponta. Nas meninas, por volta dos onze anos, após avaliação junto ao professor, para certificação. O uso da sapatilha de ponta antes dos ossos serem fortes o suficiente, mais a força da gravidade, podem causar danos permanentes.
É primordial um trabalho de fortalecimento das costas, abdômen, panturrilha e pernas. Docentes de uma escola de dança séria, e comprometida com a qualidade e com a saúde dos seus alunos, serão capazes de fazer uma avaliação precisa e responsável sobre a hora certa de introduzir cada aluno para os trabalhos nas sapatilhas de ponta.


Dançar também é seu sonho? Você pode realizá-lo conosco. Matrículas abertas para 2018. Que tal agendar um hórario?

sandragodoy


(19) 3461.9443

Rua Fernando de Camargo, 748 - Centro | Americana
balletsandragodoy.com.br
Ballet Art Sandra Godoy