logotipo

Bonita. De dentro para fora.

Isabella Piovezan

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em StumbleuponCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

A contribuição dos nutricosméticos para a saúde da nossa pele

A aparência de um indivíduo tem sido considerada como um indicador de sua saúde, bem-estar e idade. Os nutrientes proporcionados pela dieta ou por suplementos alimentares podem oferecer benefícios à sua pele, à sua aparência. Como maior órgão do corpo, está exposta aos fatores ambientais, que afetam suas características. Além disso, existem as alterações que ocorrem ao longo do tempo, determinadas por nossos genes e hormônios. 

Uma das propostas para se obter uma aparência cutânea ideal e saudável é através do uso de produtos tópicos, tais como os cosmecêuticos, que tratam a pele e seus anexos dentro do âmbito estético. Têm substâncias medicinalmente ativas. Somando-se a isso existe um grande volume de pesquisas indicando que a alimentação e ou a suplementação oral podem influenciar na aparência cutânea. São os chamados nutricosmético, suplementos alimentares cuja finalidade é conferir algum benefício para a pele, como o aumento da síntese de colágeno, da síntese de glicosaminoglicanas, reposição de silício orgânico, clareamento, e, o fortalecimento de unhas e cabelos.

Uma boa alimentação contribui para pele, cabelo e unhas saudáveis. A carência de aminoácidos sulfurados, presente em folhas verdes escuras, repolho e brócolis, por exemplo, contribui para a fraqueza do folículo capilar e redução do ritmo de crescimento dos cabelos. A baixa ingestão de frutas cítricas ricas em vitamina C diminui a formação de colágeno na pele, deixando-a atrofiada, com o surgimento de doenças.

Nutracêuticos são componentes de alimentos e ou substâncias que melhoram as funções de diversos órgãos e podem ser consumidos de forma isolada dos alimentos. São cápsulas, gotas, líquidos e formulações. A vantagem da ingestão oral é a oferta do metabólito ativo em todas as camadas da pele e em vários órgãos, um fornecimento contínuo pela circulação sanguínea.

A prescrição combinada de um cosmecêutico com um suplemento alimentar para a pele – o nutricosmético - é uma tendência muito forte. Já é realidade comercializada na Europa e nos Estados Unidos.

Na pele devem ser encontradas enzimas com ação de antioxidação, sobretudo na epiderme. No entanto, com o passar dos anos, indivíduos sob efeito dos fatores de envelhecimento endógenos, geneticamente determinados, e, exógenos, sol, tabagismo e estresse, já com elastose solar dada a radiação solar, mostram significativa diminuição destes antioxidantes. Teoricamente, a complementação destes antioxidantes via suplementação de nutracêuticos pode facilitar a reversão ou desaceleração dos sinais do fotoenvelhecimento. Portanto, podemos indicar o uso de nutracêuticos nos casos de pacientes já com sinais de fotoenvelhecimento, ou antes, de forma preventiva.

Vejamos alguns dos principais exemplos
de suplementos alimentares para a pele:

• Vitaminas A, B3, C e E: suplementação que visa prevenir a degradação do colágeno pela indução dos raios ultravioletas (UV), aumentar a produção de fibroblastos e a produção de colágeno, espessar a epiderme com diminuição de rugas finas, a quimioprevenção do câncer de pele, a estabilidade do colágeno, as propriedades antioxidantes e proteger contra o fotodano, quando ingerido antes do protetor solar. 

• Exsynutriment: silício orgânico hidrossolúvel, um importante oligoelemento que regula o metabolismo de vários tecidos, particularmente dos ossos, das cartilagens e tecido conjuntivo. Promove a hidratação cutânea, aumenta a síntese de colágeno e elastina, aumenta a rigidez e estabilidade das unhas, torna os cabelos mais resistentes e espessos. 

• Picnogenol: é extraído da casca do pinheiro marítimo que cresce na costa sudoeste da França. Contém substâncias que atuam como potentes antirradicais livres, diminuindo a reação inflamatória da queimadura solar. 

• Polypodium leucotomus: é uma planta originária da América Central que apresenta propriedades anti-inflamatória, antioxidante e fotoprotetora. Os extratos dessa planta ajudam a regularizar o sistema imunológico e a proteger a pele de eritemas UV induzidos, além de diminuir dano ao DNA. 

• Lactobacillus johnsonii: é um probiótico, ou seja, micro-organismos vivos que, quando consumidos em quantidades adequadas, conferem um efeito benéfico à saúde, influenciando na composição e ou atividade metabólica da microbiota endógena. Inibe o crescimento de enteropatógenos. As bactérias probióticas podem modular a homeostase cutânea alterada pela exposição solar, contribuindo para modulação do sistema imunológico da pele. 

• Ômega 3 e 6: atuam como protetor das membranas cutâneas, assim como hidratantes e emolientes de uso oral. Melhoram as funções elásticas da pele. São indicadas no tratamento de patologias inflamatórias como psoríase e dermatite atópica. 

• Zinco: nutriente importante na cicatrização, coenzima do metabolismo proteico e ácido nucleico, e, na formação de colágeno e fibras elásticas. 

• Cobre: mineral antioxidante. Auxilia na formação de fibras elásticas. Mineral essencial para a síntese de melanina - que dá cor à pele. 

• Selênio: micronutriente importante na prevenção de câncer. Atua na recuperação muscular. Mineral antioxidante. 

• Resveratrol: potente antioxidante protetor das fibras colágenas. Auxilia no tratamento de manchas da pele. 

• Biotina, vitamina B7: costuma ser referida como a vitamina dos cabelos e das unhas, pois aumenta a síntese de citoqueratinas. 


Em paralelo à suplementação alimentar, tratamentos médicos ajudam no combate ao envelhecimento e no estímulo de colágeno. É o uso de fotoprotetores solares, da toxina botulínica, que bloqueia neurotransmissores impedindo a contração muscular e suavizando as rugas dinâmicas, é o preenchimento com ácido hialurônico, que devolve o volume e contorno para rosto, o microagulhamento que induz a formação de colágeno através das micropunturas, e, a aplicação de ácido poli-L-lático, um bioestimulador que melhora o aspecto das rugas e flacidez tanto do rosto como do corpo. 

É importante lembrar que as indicações dos cosmecêuticos, nutracêuticos, nutricosméticos e procedimentos médicos invasivos são individualizadas, personalizadas, e só devem ser realizadas por um médico.


 

Dra. Isabella Piovezan - CRM 146.307
Médica

 Clínica Isabella Piovezan 
 Clínica Isabella Piovezan