logotipo

Criofrequência x Criolipólise: saiba a diferença entre essas duas famosas técnicas

LUCIANI RODRIGUES

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

A criofrequência é uma tecnologia inovadora que associa o frio e o calor intenso para acabar com a gordura localizada e a flacidez de pele facial e corporal.

 

A criofrequência é uma radiofrequência mais avançada que promove um choque térmico no interior da pele, graças ao calor interno que chega a 60°C e ao frio externo que chega a -10°C, estimulando a formação de um novo colágeno e promovendo também a lipólise - quebra da célula de gordura. O tratamento é totalmente seguro e indolor, não causa nenhum tipo de dano à pele e o geladinho é propriamente para o conforto do cliente. Os resultados são fantásticos e a redução de medidas e melhora do contorno corporal são instantâneas. Na região abdominal, por exemplo, é possível perder até quinze centímetros em uma única sessão, e, na face produz lifting instantâneo, progressivo e duradouro, desde a primeira sessão. É importante lembrar que os resultados dependem do metabolismo e estilo de vida da pessoa, é fundamental a hidratação, ingestão de água. As sessões devem ter um intervalo de vinte e um dias – mas a produção de colágeno continua ativa por até quatro meses.




Criofrequência x Criolipólise
Muitas pessoas questionam a diferença entre os dois tratamentos. São totalmente diferentes apesar do nome "crio", que significa o gelo, que as duas técnicas produzem. A criolipólise trata apenas a gordura localizada por meio do congelamento da gordura, e pode levar até noventa dias para se obter o resultado. Já a criofrequência se utiliza da alta temperatura para combater a flacidez de pele facial e corporal, a gordura localizada, celulite, papada e rugas - com alta eficácia e resultados rápidos.



 

Luciani Rodrigues
Esteticista





(19) 3648.7819 | 99618.0819
 Rua 12 de outubro, 160, Vila Galo - Americana
 luciani rodrigues estética e bem-estar