logotipo

SAÚDE PARA SUAS PERNAS. NOVIDADES NO TRATAMENTO DE VARIZES

LUCIANA M. FORTI

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

A utilização da espuma com polidocanol tem sido um procedimento bem aceito, devido aos resultados e pelo pós-procedimento de poucas restrições.

É a técnica de secagem de veias de médio e grande calibre mais utilizada no mundo, atualmente. No entanto, sua indicação é precisa, e o modo de utilização também requer um bom conhecimento sobre o procedimento.
Consiste na confecção de uma espuma densa, através da agitação controlada do fármaco esclerosante. E essa concentração do fármaco, onde um dos mais utilizados é o polidocanol, pode variar entre 0,15 a 3%. Essas escolhas são determinadas por critérios formados pelo médico especialista, pela sua experiência, que precisa estudar meticulosamente o paciente, e optar pelos meios mais adequados. A substância é então injetada em pequenas quantidades nas veias a serem tratadas, com visualização por ultrassom.
Por se tratar de um método pouco invasivo e de rápida recuperação, é uma opção para diversas situações. Permite o tratamento de veias calibrosas sem cirurgia e sem a necessidade de repouso. É mais uma possibilidade de tratamento que podemos indicar e utilizar.


Como funciona o procedimento?
O paciente dá entrada na clínica com horário agendado, passa por uma avaliação rigorosa, a fim de definir o melhor método e técnica para a melhora da sua saúde. O procedimento então é definido. Em determinados casos o paciente realiza no mesmo dia tal procedimento, em um cenário onde todos os exames médicos estejam de acordo e permitam o ato médico.
O paciente recebe alta, nesse dia, e pode ir caminhando para casa, vida normal que segue.
Em muitos casos, quando a quantidade de varizes é grande, não é possível fazer o tratamento em um único período, pois há restrições quanto a quantidade de fármaco a ser utilizada por sessão, por dia. A data para o procedimento seguinte vai ser calculada pelo médico, vai depender da avaliação pós-procedimento, mas será em torno de quinze e trinta dias. Dependendo do tamanho das varizes é interessante também que se faça uso de uma meia de alta compressão - específica para procedimentos em varizes. Esses materiais, especiais, fornecidos diretamente aos médicos, terão a indicação de por quanto tempo o paciente deverá permanecer em uso, o que poderá ser algumas horas e/ou até quarenta e oito horas. Tudo a depender da experiência e avaliação médica. De qualquer forma, é um excelente tratamento e vem crescendo muito, principalmente por não depender de internações de caráter cirúrgico, nem de repouso no pós-procedimento.



 lucianamarcolino bio


DRA. LUCIANA M. FORTI

CRM 89.117
Angiologia e Cirurgia Vascular


cvo