logotipo

Curso de ginástica cerebral estimula a criatividade

Danielle Emboaba

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

A capacidade de ter boas ideias pode, sim, ser desenvolvida. Para isso, é preciso pausar o raciocínio e trabalhar o lado direito do cérebro.

Em tempos de rotina, jogos virtuais e Google, quase ninguém mais consegue ter criatividade, uma virtude que gera inovação, pode render bons relacionamentos e garante até promoção no trabalho!
Para sorte de todos, esta habilidade pode - e deve - ser alimentada. Ela não tem nada a ver com a inteligência e, sim, com o movimento dos neurônios do lado direito do cérebro.
“Existem jogos, dinâmicas e brincadeiras caseiras que podem desligar a parte da frente do cérebro, que é mais racional e inibe a criatividade. Por isso, basta desligá-la para que as boas ideias apareçam do lado esquerdo”, afirma Antônio Carlos perpétuo, fundador do SUPERA, a maior academia de ginástica para o cérebro do Brasil.
Os cientistas dizem também que, quanto mais desorganizado é o cérebro, mais criativo ele é, pois sua própria desorganização o leva a fugir das respostas óbvias, a pensar fora da caixa. 
Pesquisas mostraram ainda que para liberar a criatividade é preciso relaxar o corpo e a mente. A parte da frente do cérebro, responsável por nossas decisões racionais, tem de estar descansada para que outras áreas do cérebro possam atuar.
Portanto, se você quer ser mais criativo, não seja muito focado, relaxe e faça exercícios para o cérebro.
Os cursos voltados ao desenvolvimento do cérebro, com atividades que estimulam as conexões neuronais, funcionam como um tratamento antiestresse, desenvolvendo as habilidades cerebrais e liberando a criatividade.
Os exercícios para o cérebro podem ser praticados por pessoas de todas as idades. Para quem se achava pouco criativo, esta é uma excelente notícia, não é?

 

(19) 3629.3341
Rua Dona Margarida, 198, Centro – Santa Bárbara d’Oeste
www.metodosupera.com.br