logotipo

Hérnia de disco, e agora?

Bruno M. Barros

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

Entre uma vértebra e outra da nossa coluna existe um disco cartilaginoso que funciona como um amortecedor e que ajuda também na nossa mobilidade e proteção contra possíveis lesões.

O disco é formado por uma parte bem gelatinosa denominada “núcleo pulposo”, e é rodeado por uma estrutura fibrosa, o “anel fibroso”. Sua função, como dissemos, é amortecer as cargas e estabilizar o movimento entre as vértebras.
Esse disco intervertebral jovem é extremamente úmido. Mas, com o passar dos anos, essa umidade vai desaparecendo e instala-se uma desidratação discal que limita a capacidade funcional protetora desse disco e causa sua degeneração.
Assim o disco tende a se tornar rígido, não absorver mais os impactos da mesma forma que antes e por consequência acelera o desgaste natural das vértebras que deveria proteger. Para piorar, as tensões repetidas (traumas, acidentes, má postura, levantamento de peso de forma indevida, etc.), podem degenerar um conjunto de fibras, deformar e romper o anel fibroso, e, liberar a porção central do disco – o núcleo pulposo.
Assim, uma hérnia de disco é um deslocamento do núcleo pulposo através de uma ruptura do anel fibroso, que pode produzir uma compressão na medula ou numa de suas diversas ramificações nervosas. Esse rompimento pode ser comparado ao que acontece quando a capa de uma almofada se rasga e parte da espuma do recheio sai.


    
Quiropraxia
A Quiropraxia, técnica de terapia manual exclusiva do fisioterapeuta, tem como objetivo reduzir a pressão que as vértebras exercem sobre os discos, ajudar a restabelecer o movimento normal e o bom posicionamento das vértebras, diminuindo o processo inflamatório local. Os ajustes são feitos de forma manual ou utilizando um instrumento de ajuste.



Quiropraxia Instrumental
Esta técnica visa eliminar bloqueios estruturais, alterações posturais, dores agudas e crônicas, com a ajuda de um pequeno instrumento mecânico que produz uma vibração simples, suave e eficaz, sem stress para o paciente.
Permite ajustes específicos, promovendo a ativação dos micromovimentos, desbloqueando as articulações através de pequenos impactos localizados. Somos o único profissional devidamente habilitado na nossa região para executar esta técnica já há tempos consagrada nos EUA.





Mesas de Tratamento FLEX-TRAC 500z e TRITON DTS
Essas mesas possuem alta tecnologia incorporada e propiciam um alongamento (descompressão) dos discos e estruturas moles da coluna, facilitando o fluxo de fluidos e nutrientes, reativando assim o metabolismo discal.  O aumento do espaço intervertebral com a respectiva diminuição da pressão exercida no disco, e com a liberação do nervo pinçado, resulta na melhora do quadro de dor.

Quanto às cirurgias, estas apenas devem ser indicadas nos casos em que não há melhora com o tratamento conservador, ou ainda quando o sofrimento da raiz nervosa é muito intenso.

 



Bruno Mantovani de Barros

Crefito3 119071-F
Fisioterapeuta, Membro da Associação Nacional de
Fisioterapia em Quiropraxia

(19) 3601.6200
Centro Integrado Pró-Saúde
R. Quintino Bocaiúva, 792 – Sala 3
Sta. Catarina – Americana