logotipo

Criolipólise e as gorduras indesejadas

Tatiana Siqueira

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

A criolipólise é um novo procedimento utilizado em alguns países da Europa e nos Estados Unidos, desde 2009. Sem agulhas ou cortes, indolor e  auxilia na redução da gordura localizada em homens e mulheres.

O procedimento consiste em congelar e destruir a gordura, sem lesar nervos, músculos e tecidos vizinhos - também chamado de coolsculpting. Os exercícios físicos, aeróbico (corrida) ou anaeróbico (musculação), poderão ajudá-lo a diminuir seu percentual de gordura, mas, fazer abdominais não irá fazê-lo perder barriga! Perder gordura abdominal só é possível de duas formas: a) perda de tecido adiposo, consumindo menos calorias do que você gasta, mais exercícios específicos; b) através de tratamento local. A criolipólise/coolsculpting é um tratamento local.
Nesta técnica ocorre o congelamento da gordura, gerando uma inflamação e consequentemente levando a morte da célula (apoptose) e a eliminação é através do sistema linfático, com metabolização no fígado. Utiliza-se de um procedimento de baixa temperatura, necessariamente inferior à temperatura corporal. Durante o tratamento pode-se perder de 20% a 30% de gordura na região tratada e ao mesmo tempo trabalhar a flacidez. Perguntam-se: “E se a gordura eliminada voltar e eu engordar depois da criolipólise?” Quando emagrecemos por outros métodos nossas células de gordura não desaparecem, apenas murcham – podendo-se engordar novamente. Não é o caso da criolipólise/coolsculpting. Com o congelamento as células gordurosas não “murcham”, mas "morrem" e são eliminadas. O organismo terá muito mais trabalho em gerar novas células de gordura. O tratamento pode ser feito na barriga, abdômen, flancos, braços, costas, coxas e região do pescoço - nas chamadas papadas.
Atenção à avaliação prévia: é necessário verificar o seu biotipo ideal e a adequação do tratamento através do tipo de gordura que você possui. É recomendado ficar pelo menos 24 horas sem praticar exercícios físicos de impacto ou que demandem o uso de força após a realização dos procedimentos. Contra indicação: presença de urticárias, obesidade, gestantes, diabéticos, pessoas com alta sensibilidade ao frio e pós-cirurgias recentes.




Tatiana Siqueira CREFFITO-3/ 155894-F
Fisioterapeuta Dermato-Funcional
Núcleo Terapêutico Flor de Liz



(19) 3461.8450

Rua Achiles Zanaga, 141,
Vila Medon - Americana