logotipo

Síndrome do Pânico

LAINE MARIA ALVES PIZZI

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

Psicoterapia corporal. A integração corpo-mente como fonte de cura das doenças psicossomáticas

A síndrome do pânico e as fobias são transtornos antigos, e hoje quase 4% da população mundial são afetados pelas doenças. Provavelmente em decorrência das exigências sociais onde temos que ser sempre mais e melhores.
O pânico aparece de forma abrupta, e seus sintomas característicos mais comuns são a sudorese, tremor, palpitação, medo de perder o controle e de morrer, e, a principal que é a dispnéia - falta de ar profunda e severa. Por fim, aparece o medo do medo.
A psicoterapia corporal é considerada a mais moderna e eficaz abordagem na cura das doenças psicossomáticas. A psicoterapia corporal significa: psico = mente e soma = corpo.  Portanto são doenças onde o psíquico influencia no corpo ou soma, e o corpo influencia no psíquico, e ambos se influenciam mutuamente. Assim, é evidente que precisamos pensar nesta integração para obter uma saúde vibrante.
A técnica é baseada na análise bioenergética e na biossíntese, onde ambas fazem a integração corpo-mente. Isto significa que para curar um transtorno emocional é preciso localizar no corpo o como e o porquê do início da doença – uma vez que toda história está registrada no corpo.
A psicodinâmica familiar e social interfere no desenvolvimento da personalidade e define nosso jeito de ser e de estar no mundo. Se quando crianças fomos muito criticados, crescemos com baixa autoestima. Se, superprotegidos, podemos nos tornar inseguros e sem coragem para enfrentar a vida e quando adultos, sob pressão, não conseguimos aguentar e o pânico se instala. Doenças como fobia, depressão, transtorno de ansiedade entre outras também emergem.
Ter a consciência destas dinâmicas e como os bloqueios energéticos estão alojados no corpo é fundamental para que, com a ajuda de um profissional especialista em terapia corporal, possamos desbloquear essas tensões, aliviar o stress e obter autoconhecimento corporal.
A integração corpo-mente só é possível graças a liberação do bloqueio das energias e das tensões musculares, nos órgãos e articulações enrijecidas.  Respirar livre e profundamente traz vida para o corpo e alento para a mente. As respirações da yoga que usamos na bioenergética são poderosas para obter o equilíbrio. Os exercícios corporais de Grounding, que é o “enraizamento” - ato de colocar os pés firmemente no chão - mais a respiração adequada, mais a postura e o fortalecimento das partes frágeis do corpo, transformam a pessoa que sofre de pânico em alguém seguro e consciente do que faz, que sabe para onde quer ir, tornando-se verdadeiramente corajoso. Experimente essa liberdade.


 

LAINE MARIA ALVES PIZZI - Psicóloga - CRP 14671/06
Fundadora do Ligare Centro de Psicoterapia corporal.
Psicoterapeuta corporal, Especialista em Biossíntese pelo IIB – Suiça,
Local trainer em Análise Bioenergética pelo IIBA - USA, Mestre em
Educação pela ULHT – Portugal

(19) 3465.3515
Rua Jessé Camargo, 320 - Praia dos Namorados – Americana
www.ligare.psc.br