logotipo

Está ou não está difícil encontrar um bom relacionamento?

POR DANIELLE EMBOABA

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

No ímpeto de se estar com alguém, abrimos mão de muitas coisas

Nos trabalhos desenvolvidos na clínica nos deparamos com homens e mulheres discursando e compartilhando da mesma dificuldade, a de se encontrar uma pessoa para conviver e dividir os momentos da vida. Essa queixa advém de ambos os lados.

Percebemos que não apenas se entregar a um novo relacionamento está difícil como também fazer este relacionamento perdurar no tempo. Por que será que esse assunto vem mudando tanto e afetando demasiadamente as pessoas e a afinidade nas relações?

Trazemos aqui a seguinte reflexão: será que você homem ou mulher já parou para pensar o que você realmente espera encontrar em uma pessoa, nesse alguém?

As pessoas vivem de uma ansiedade que acaba por permitir que se lance mão de atitudes baseadas no puro impulso, que na maioria das vezes são tomadas no calor de uma emoção. E temos ainda as expectativas que se coloca no outro, se deposita naquela pessoa um tanto desconhecida. E para tornar mais delicada ainda a relação queremos tudo para ontem, o que acaba por fazer com que a vida entrelaçada dos dois não seja de fato amadurecida, não dá tempo.

Algo muito importante que colocamos para nossos pacientes que se queixam dessa dificuldade, ou que afirmam sempre atrair as chamadas relações problemáticas, é de que criem um critério de escolha, um método, e que sejam fidedignos com isto.

Hoje, agora, para este inicio de ano, um dos grandes desejos das pessoas é o de encontrar um novo amor, começar uma nova história, então, é sábio começar a buscar algo que realmente vá te fazer feliz, sem tentar encaixar qualquer pessoa no seu padrão - siga aquele seu critério de avaliação.

Quem não valoriza o que deseja, o que realmente quer, vai ter dificuldades de encontrar relacionamentos que o faça feliz por muito tempo.

Podemos viver numa era de relacionamentos conturbados, de relações que foram mal estruturadas, com situações e casos parecidos, algo realmente muito comum de se encontrar, mas, a terapia especializada pode acolher essa pessoa, essas relações, e expor o que de fato não está dando certo.

Manter o corpo em equilíbrio também é muito importante num relacionamento. Temos terapias complementares que são excelentes indicações - massagem relaxante, massagem antiestresse, terapia com flora de Bach e auriculoterapia.



 

Danielle A. Emboaba 
CRP 06/111898 - Psicóloga clínica

Atendimento adultos, idosos, adolescentes e crianças. Terapia para casais.
Descontos especiais para convênios: Irmam, São Lucas, Unimed e Funerárias.

(19) 3461.8177 | 99334.1670
 Rua Niels Nielsen, 140 , Vila Medon - Americana
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.