logotipo

Entenda de onde vem a ansiedade

MICHELLE MORO

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em StumbleuponCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn
Acabe de vez com esse mal que te incomoda tanto
O crescente e assustador o número de pessoas que sofrem com a ansiedade. E, só conseguimos trabalhar a ansiedade quando passamos a conhecer sua causa de origem. Fisiologicamente, nosso corpo possui “ferramentas” adaptáveis às constantes mudanças biológicas e morfológicas, numa tentativa de posicionar nosso corpo frente a tudo o que recebemos do meio externo, e dele próprio – frente a quaisquer estímulos, desde a nossa concepção. É nesse contexto que se formou o conceito “memória biológica” – nosso corpo memoriza exatamente tudo o que ocorre a nossa volta, mas, não só isso, ele reage aos novos estímulos de acordo com o que foi armazenado em momentos anteriores.
De fato, o bebê, que tem relação direta com a mãe, memorizou as sensações de proteção, de plenitude, de segurança, ou, de medo e insegurança, coisas vivenciadas na época. Tal preocupação toca os ginecologistas, que, recomendam que se fale com o bebê, que se ouçam músicas relaxantes, que se busque um ambiente calmo, com vistas à saúde psíquica, mental e física desse novo indivíduo.
 
 E após a gestação, como foi?

Após o nascimento temos uma nova fase de memorização adaptativa. Nas relações interpessoais, com nossos genitores e ou cuidadores, construiremos o psíquico-emocional. Memori-zamos através das pessoas positivas, negativas, que elogiavam, que criticavam, que amavam, respeitavam, que ofereciam proteção, eram solidárias, etc. Assim construímos nosso modo se ser e de ver o mundo, de perceber e lidar com as adversidades – assim foi construído nosso nível de ansiedade.
 
Eliminando a ansiedade, 3... 2... 1...

Só passamos a ter anticorpos para um determinado agente agressor quando temos contato com ele - “A identificação da origem da doença e suas correções obedece a lógica das leis imunológicas, que dizem que para um organismo criar anticorpos (mecanismo de defesa), é necessário que ele reconheça o antígeno (agressor)” - Patrice Benine e Daniel Grosjean.
Foi pensando assim que estes dois fisioterapeutas osteopatas, na França, no inicio da década de 80, desenvolveram a microfisioterapia – terapia com embasamento na embriologia, na filogênese e ontogênese. Desenvolveram mapas corporais específicos, similares aos meridianos de medicina oriental, o que possibilita buscar no corpo os bloqueios relacionados às suas memórias biológicas. É através da microfisioterapia que vamos achar no seu histórico o momento em que a ansiedade foi memorizada, e “apagar a memória”, um “reiniciar”, ou seja, reprogramar as suas células para que a sua saúde retorne com mais integridade, pela microfisioterapia. Você pode nos visitar. Falaremos bastante sobre o tema.
 
michellemoro
 
Michelle Moro
Crefito 101665-F
Microfisioterapeuta e fisioterapeuta
 
 
michellemoro

(19) 98276.1498
michellemoro.com.br
DraMichele Moro
Michelle Moro - Fisioterapeuta & Microfisioterapeuta
microfisioterapia em americana dra. michelle moro