logotipo

Varizes: tratamento e alerta

Luciana Marcolino Forti

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

Varizes são veias dilatadas e deformadas, de coloração púrpuro-azulada, que surgem nas pernas e podem causar dor e inchaço.

Sua ocorrência é mais comum em pessoas que necessitam permanecer em pé por longos períodos, em mulheres, e em pessoas com sobrepeso, além de estarem relacionadas a diversas variações dos hormônios femininos. As veias das pernas, que reconduzem o sangue ao coração após terem irrigado os membros inferiores, possuem válvulas cuja finalidade é impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade. Às vezes, essas válvulas não funcionam com eficiência, e o sangue “empoça” nas veias provocando deformação destas válvulas. A consequência disto é a incompetência das válvulas. Como resultado haverá inchaço e alterações na sensibilidade da pele. Episódios de maior gravidade podem ocorrer tanto por dilatação das veias profundas quanto das superficiais. Nesses casos de insuficiência venosa, podem surgir edemas persistentes nos pés, úlceras nas pernas e alterações na pigmentação da pele.

Tratamento

Varizes superficiais podem ser facilmente reconhecidas observando-se a pessoa em pé. O tratamento mais comum é a remoção cirúrgica das veias comprometidas. O cirurgião faz diversas incisões, retira as veias afetadas e protege a(s) perna(s) com bandagens. O procedimento cirúrgico é rápido, o tempo de hospitalização é curto e a recuperação em casa pode durar alguns dias.
Nos casos de varizes superficiais, é possível injetar drogas para “secar” as veias a fim de que não mais conduzam sangue. Esse procedimento pode requerer algumas sessões que podem ser feitas semanalmente em consultório, mas não é indicado para o tratamento de varizes maiores nem para aquelas localizadas em veias profundas. Seja qual for o tratamento adotado, é recomendável caminhar diariamente para estimular a circulação do sangue e o crescimento de novos vasos saudáveis.

Advertência

Ferir uma veia com varizes pode provocar sangramento abundante. Nesse caso, deite-se imediatamente e eleve a perna ferida. Comprima o ferimento com uma toalha limpa, e procure um hospital para ser examinado por um médico especialista. As varizes predispõem as pessoas à flebite, inflamação dolorosa das veias. Coágulos de sangue podem formar-se nas veias afetadas. Quando um deles se instala numa veia profunda, existe a possibilidade de que um fragmento se desprenda e, deslocando-se pela circulação venosa, alcance o pulmão. Na ocorrência de qualquer inflamação dolorida, acompanhada ou não de endurecimento da área, em uma ou em ambas as pernas, que não desapareça com sua elevação, não perca tempo e procure um médico imediatamente.
No caso de dor intensa e contínua, procure um médico imediatamente.

 

Dra. Luciana Marcolino Forti
CRM 89117
Angiologia e Cirurgia Vascular 
Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular