logotipo

VARIZES

LUCIANA M. FORTI

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

As varizes podem surgir em homens ou mulheres, independente da idade.

Podem iniciar com os famosos vasinhos, passando de apenas um problema estético a gerar sintomas como desconforto e pernas cansadas, podendo evoluir para problemas graves como úlceras ou trombose. Muitos são os fatores para o surgimento das varizes, e a genética é um deles. Se você tem histórico familiar faça exames regularmente, com um especialista. É através do diagnóstico que o médico de sua confiança irá indicar o tratamento adequado. Se você não tem histórico familiar, a prevenção é a melhor solução. As dicas para evitar varizes são as mesmas associadas aos bons hábitos para uma vida longa e saudável, como cuidar da alimentação, não fumar e fazer exercícios físicos, dentre outras. Vejamos quatro delas:

1.Trate a raiz do problema
Quantas vezes você já ouviu “Minhas pernas incham em viagens ou dias longos... Minhas pernas pesam ao final do dia... Sinto minhas pernas latejando quando me deito... Quando faço massagem, nas pernas, tenho pontos de dor acima do tornozelo... Mesmo tratando, as varizes voltam...”
Por esses motivos é fundamental que se faça o diagnóstico por ultrassom, de alta definição, com realidade aumentada, e, com um cirurgião vascular capacitado.
Só assim a raíz do problema será encontrada, permitindo a escolha do tratamento mais eficaz e duradouro. Nessas situações, os tratamentos exigidos podem ser o laser endovenoso em safena, ou ligaduras de perfurante, e/ou CLaCS nas veias nutridoras.
Quando você se consulta e escolhe um profissional bem preparado é muito provável que a manutenção do tratamento tenha um grande espaçamento de tempo, lhe garantindo conforto e segurança prolongada, para que você possa dispensar a sua atenção e energia em outros focos da sua vida, como o trabalho, o lazer, e a família.

2. Não deixe as pernas paradas por muito tempo
Não fique muito tempo nas posições sentado, em pé, ou, com as pernas cruzadas. Estas posições aumentam com a pressão da gravidade e desfavorecem a circulação do sangue. O que fazer então? Levante-se a cada uma ou duas horas, caminhe por alguns minutos, e alongue-se. Faça movimentos circulares com os pés em todos os sentidos, contraia as panturrilhas, levantando-se na ponta dos dedos dos pés por quinze vezes seguidas. Mantenha as pernas elevadas por quinze minutos.
Esses exercícios ajudam a contrair a musculatura das pernas, favorecem o bombeamento do sangue para o coração, além de aliviar a dor e reduzir o inchaço.


3. Mantenha os pés sempre confortáveis
Vale lembrar que o salto alto não causa varizes, como muitas publicações afirmam. Porém, ele pode causar alguns outros problemas, tais como o encurtamento do tendão calcâneo e a diminuição do bombeamento nas panturrilhas, os joanetes, a perda do equilíbrio e quedas por causa desse encurtamento. Caso o salto alto seja algo imprescindível em sua vida, não se preocupe, mas alongue-se diariamente. O conforto favorece a circulação do sangue nas pernas.

4. Exercite-se regularmente
Pequenas decisões podem ser muito benéficas para a saúde das veias. A rotina pode ser iniciada com uma caminhada programada, até o trabalho, e outras atividades que podem ser acrescentadas gradativamente, como os exercícios de baixo impacto, que fortaleçam a musculatura. Temos a pedalada, a caminhada, natação, hidroginástica, alongamentos, o yoga, o Pilates, e outros.
Para uma boa circulação do sangue nas pernas, as repetições são mais úteis que as intensidades e as cargas dos exercícios. A regularidade é bastante importante.

Gostou das dicas?
Acompanhe as próximas edições da Revista Saúde e Beleza mais, onde iremos enumerar ao menos mais quatro dicas.

Texto baseado no ebook do professor Kasuo Miyake, inventor e divulgador da técnica ClaCS, Crio escleroterapia a laser para o tratamento de varizes com laser transdérmico.


lucianamarcolino bio


DRA. LUCIANA M. FORTI

CRM 89.117
Angiologia e Cirurgia Vascular

cvo