logotipo

Disfunção erétil

Irapuan Garcia dos Santos

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

Quando a procura pelo médico urologista faz toda a diferença

Para abordar o tema disfunção erétil se faz necessário lembrar de um divisor de águas extre-mamente importante. O antes e o depois do aparecimento dos inibidores da 5-fosfodies-terase, que foram apresentados em Orlando/EUA em 1998. Produto produzido a princípio pelo laboratório Pfiser – a substância Sildenafila (Viagra).
Hoje, como outras opções, coexistem no mercado a Vardenafila, a Tadalafila e a Lodenafila, que na condição de indutores da ereção necessitam apenas de estímulos eróticos para surtirem seus efeitos.
É relevante explicitar que o uso dos inibidores da 5-fosfodiesterase não se configuram em tratamento para a disfunção erétil. A disfunção erétil pode ser decorrente de várias causas e apenas o uso dos inibidores não é de longe garantia de tratamento para essas possíveis causas. Há de se pesquisar cada caso e elencar as prioridades a serem tratadas. 
As causas principais da disfunção erétil podem ser emocionais, orgânicas e ou mistas. Após os quarenta anos é bastante comum os homens terem falhas episódicas na sua ereção. Em geral ficam bastante assustados e a falta de conhecimento sobre o que fazer nessa hora piora o emocional. A procura por um especialista em urologia é o caminho que deve fazer parte dos seus planos a partir de então. A medicina atual prima pela prevenção e assim muito antes desses episódios a procura por um especialista da área deve ser colocada como prioridade.
Após os cinquenta anos começam a se instalar no sexo masculino os distúrbios androgênicos do envelhecimento. Outra razão que torna necessária a avaliação e acompanhamento periódico da urologia. Muito importante também é desenvolver a cultura da prevenção do câncer de próstata, tão rechaçada pela maioria dos homens. Esse conjunto de problemas que pode ocorrer concomitantemente ou não pede especial atenção. Quando então a disfunção erétil se instala definitivamente, temos ainda uma última opção que é a prótese peniana – uma cirurgia relativamente simples, quando executada por um profissional médico especializado nesta área. Não perca tempo e se cuide. Procure o seu especialista. Quanto mais cedo, melhor.

 

Dr. Irapuan Garcia dos Santos - CRM 26045
Urologista pela UNESP, Botucatu/SP

(19) 3455.0816 | 3455.1905
Rua General Camara, 1136, sala 62 – Centro, Santa Bárbara d’Oeste
(19) 3406.9563 | 3645.0093
Rua Sete de Setembro, 1196 – Centro, Americana