logotipo

Artroscopia do Quadril

ANDRÉ LUIS SALES CANTARELLA

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

 A medicina está em constante evolução para oferecer aos pacientes um diagnóstico preciso, e, tratamentos que proporcionem recuperações mais rápidas, com melhores prognósticos.

Na ortopedia, o procedimento da área do quadril, que apresentou a maior e mais expressiva evolução nos últimos tempos foi o da Artroscopia do Quadril. 

Existem diversos tipos de patologias na região da articulação dos quadris, que podem repercutir com dores em outras regiões, como por exemplo, dores na coluna lombar, glúteos, dores irradiadas para a região da virilha e coxas.  Essas doenças, se não forem diagnosticadas e tratadas de forma adequada, poderão evoluir para o desgaste precoce da articulação.

Com o advento da ressonância nuclear magnética, essas patologias passaram a ser melhor observadas, e houve o aprimoramento da técnica cirúrgica também para esta região.

A artroscopia do quadril é um procedimento minimamente invasivo, realizada com pequenos orifícios através da pele, por onde se acessa o interior a articulação. Através destes orifícios é introduzida uma câmera de alta resolução, permitindo a visualização das estruturas articulares.

Este procedimento é indicado para a correção de alterações mecânicas e estruturais da articulação dos quadris, proporcionando maior durabilidade à articulação.  Com esta técnica tratamos as lesões e corrigimos as deformidades ósseas, tanto do fêmur quanto da região do acetábulo - bacia. Também são tratadas as estruturas ao redor do quadril, evitando com isso que a articulação evolua para a degeneração, o desgaste, levando à necessidade da colocação de prótese na região.

É uma opção de tratamento eficiente, faz com que a recuperação seja mais rápida, com alta no mesmo dia, na maioria dos casos, com menores taxas de complicações e retorno precoce à rotina e aos esportes.

O objetivo deste procedimento é fazer com que os pacientes não sintam mais dores, permitindo que possam utilizar seu quadril natural pelo máximo de tempo possível, evitando ou desacelerando o processo de desgaste, a  artrose articular.


 

Dr. André Luis Sales Cantarella
Ortopedista e Traumatologista.
Especialista em quadril, medicina do esporte e joelho.