logotipo

Como tratar o problema das olheiras?

Dra. Priscilla Senise

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar em FacebookCompartilhar em Google PlusCompartilhar em TwitterCompartilhar em LinkedIn

As olheiras representam um importante problema estético, devido a aparência de cansaço ou tristeza, determinando grande impacto na qualidade de vida.

São diversos os fatores e o devido reconhecimento da existência de um ou outro é importante para se considerar o mais apropriado tratamento.

São três as principais causas: a vascular, a pigmentar e a anatômica. Colaboram também a hereditariedade, distúrbios do sono, estresse, o tabagismo, o próprio envelhecimento e a exposição ao sol. 

Na causa vascular a transparência da pele expõe o acúmulo de vasos nessa região. Na causa pigmentar, pode-se ter contribuição genética, de doenças ou da exposição solar. Ocorre então o acúmulo de melanina, um pigmento que escurece a pele na região ao redor dos olhos. Em ambos os casos pode-se tratar com cremes específicos para uso em casa, que visam ativar a circulação local, uniformizar o tom, combater os radicais livres e estimular o colágeno. Também podemos fazer o uso de algumas sessões de laser e luz intensa pulsada, o que tem apresentado ótimos resultados.

Na causa anatômica, em que os olhos são “fundos” ou “encovados”, o tratamento mais indicado seria o preenchimento com ácido hialurônico, que é o agente mais seguro e mais utilizado para preenchimentos cosméticos. Essa técnica é feita no consultório por dermatologista especialista, é bem tolerada e de bom resultado estético. Como o tratamento de olheiras exige um reconhecimento bem definido da causa, assim como dos fatores que possam estar associados, consulte um dermatologista especialista para esse diagnóstico e devida orientação.

 

Dra. Priscilla Senise CRM 116275
Dermatologista Clínica, Cirúrgica e Estética